Star Wars, Sombras do Império

Naufragos

Sessão 14

O grupo assentou-se numa cadeia de colinas próxima onde Ragnar tinha encontrado com Mon. Os Jedi pararam para conversar com a estranha criatura de pedra, que se comunicou com eles através da Força. Ao terminarem a conversa a mulher inconsciente acordou, ainda muito mal e desorientada, perguntando onde estava e se identificando como Selika Roh, Cavaleira Jedi. Com alguns minutos de uma breve conversa Ragnar e Sonja perceberam que ela esteve em stasis por cerca de 1.000 anos.

Kallya passou a tratar dos feridos e de Selika durante uma semana. Logo percebeu que Selika, por ter ficado tempo demais congelada, teve sequelas: perdeu a maior parte de seus memórias pessoais, simplesmente ficando confusas ou inexistentes. As suas memórias mais recentes antes de ser congelada permaneceram inalteradas.

O grupo se reuniu com Selika que contou a sua história: desde criança vivia no Templo Jedi, treinada pela mestra Mallika, tornando-se uma Cavaleira Jedi aos 20 anos de idade. Foi capturada por uma Sith desconhecida do templo enquanto investigava o desaparecimento de seu padawan, que infelizmente recorda muito pouco, isso tudo à pouco mais de 1.000 anos atrás. O grupo contou que a Galáxia estava bem diferente, os Siths tomaram conta da República transformando-a no seu instrumento de terror: o Império.

Alguns dias depois, após "digerir" tudo o que lhe foi contado, Selika fez uma proposta aos Jedi: ela poderia treiná-los, desde que estivessem dispostos à aprender a serem verdadeiros Jedi. Não será uma tarefa fácil, haverão muitas provações e o lado negro estará sempre presente seduzindo-os. Ragnar estranha um pouco, pois Selika segue os ensinamentos originais da Ordem Jedi. RagnarSonja e Isadora aceitam e ela começa a ensiná-los.

Ragnar e Sonja já demonstram grande habilidade com o Lightsaber, então o treinamento para eles focava mais  no uso da Força e na filosofia da Ordem Jedi, como também para conhecê-los melhor. Já com Isadora começou com os princípios básicos, como o uso do Lightsaber, conceitos por trás da Força. Todos tiveram que montar seus Lightsabers usando a Força, sendo a melhor a Isadora, já que montou o seu como sendo parte de um maçarico.

Linux e Anton Sor-Ed foram até o espaço em busca do que restou dos destroços da nave. Conseguiram recuperar algumas coisas bem úteis e a carcaça da uma Y-Wing com o corpo necrosado de Jar Jar Binks dentro, ainda segurando o Holocron Sith. Anton Sor-Ed conseguiu recuperar e esconder o Holocron sem Linux perceber. 

Três meses ao todo se passaram quando o radar improvisado captou alguns pontos intermitentes no espaço coberto pelo radar. Uma análise mais apurada concluiu que os pontos eram sondas imperiais, inclusive uma foi vista no horizonte.  Algumas horas depois o radar pegou o sinal de um Star Destroyer sobre eles, que lançou uma nave auxiliar para buscá-los. Os Jedi esconderam seus Lightsabers na caixa de ferramentas da Isadora, prepararam-se para receber o Império. Nesse meio tempo notaram que Selika desapareceu sem deixar rastros.

Pousou uma nave de transporte carregando dez Stormtroopers, que inspecionaram o grupo e os levaram pacificamente até o Star Destroyer, onde forem recepcionados por uma comitiva de 40 stormtroopers, o Almirante Willian Windows e uma estranha figura usando um capacete.


Atividades e Resultados

 

Isadora

Mod: Lightsaber Lorrdian Crystal 01/03 (Deflection 1)
Mod: Lightsaber Lorrdian Crystal 02/03 (Deflection 2)
Mod: Lightsaber Lorrdian Crystal 03/03 (Defensive 1)

Selika Roh

Fabricação do Lightsaber com Etaan Crystal: 6 Vantagens (Personalized Design, Customizable)

Lightsaber: Etaan Crystal Modifications

Lightsaber: Curved Hilt Modifications

Ragnar

Moralidade: +3

Sonja

Moralidade: +2

Comments

jairvianna jairvianna

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.