Star Wars, Sombras do Império

Sequestro!

Sessão 10

Através de um contato de Linux chamada Hera Syndulla, o grupo foi contratado para um trabalho por Jun Sato que era relativamente simples: eles iriam para Naboo, esperariam o contato de alguém procurando transporte para quatro nobres querendo sair discretamente do planeta após um "evento" acontecer. Depois disso eles simulariam uma falha do hiperdrive, forçando a nave a sair num sistema específico onde seriam abordado por rebeldes e sequestrariam um dos nobres. A pessoa a ser sequestrada sabe do plano, como também o chefe de segurança deles. O pagamento seria de 20.000 Cr na recepção dos nobres e mais 20.000 Cr no destino.

Eles pararam em Naboo e, como foi planejado, o chefe de segurança, o ex-capitão Panaka, entrou em contato com o grupo e fecharam o acordo. O grupo era composto por quatro nobres: a Senadora Alderaniana Allya Song, o nobre Alderaniano Bollen Sends, o ex-Senador Jar Jar Binks e a Princesa Alderaniana Leia Organa.

Durante a viagem o grupo pegou Jar Jar Binks bisbilhotando a nave e acabou trancando ele no quarto. Também fizeram alguns preparativos para o encontro, que foi fazer os soldados passarem mal pouco antes da abordagem. Quando ocorreu a falha do hiperdrive, o plano foi executado com sucesso, sendo a Princesa Leia Organa sequestrada.

Pouco tempo depois, quando Linux estava na ponte, através de uma checagem de rotina, percebeu que não estavam em curso para Aldeeran, mas para Coruscant. Quando foi alterar a rota, percebeu que havia mais alguém na ponte, Jar Jar Binks, com um manto marrom-escuro e carregando um Lightsaber. Linux saltou para fora da ponte, avisando que havia problemas na ponte, enquanto Jar Jar Binks fechada a blast door.

Comments

jairvianna jairvianna

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.